História

As terras onde se localiza hoje o município de Calumbi pertenciam à família Calumbi, que foram os primeiros povoadores. Ali edificaram uma igreja devotada a Nossa Senhora da Conceição, onde é celebrada sua festa desde 8 de dezembro de 1877. O povoado foi inicialmente chamado de São Serafim e pertencia à comarca de Flores. Pelo decreto-lei nº 92, de 31 de Março de 1938, o distrito de São Serafim passou a denominar-se Calumbi, em virtude da grande quantidade da planta arbustiva de mesmo nome. Elevado à categoria de município pela lei estadual nº 4938 de 20 de Dezembro de 1963. O primeiro prefeito foi nomeado pelo governador Miguel Arraes de Alencar através do Ato nº 1.028 de 21 de fevereiro de 1964, o sr Manoel Belarmino de Souza (DUNGA) e ocorreu sua posse em 1º de abril de 1964. O primeiro prefeito eleito pelo povo ocorreu em 15 de novembro de 1964, como candidato único do Sr Antonio Gomes de Lima, houve uma combinação para não ter vice e simplesmente os candidatos a vereadores ser o numero de sete (07), pois, o municio era pobre e não tinha necessidade de despesas altas. Onde foi eleitos para compor a Câmara os Senhores; Lourival Antonio Simões, (comerciante e Marceneiro, Manoel Cordeiro de Siqueira ( comerciante) Manoel Viana de Lima ( Neco Viana), Antonio Alexandre Lima ( Antonio de Xana), Dioclécio Viana de Lima, Neco Batata, Cremício Viana de Lima foi Vice-Prefeito de Calumbi no início.

Fontes: Wikipédia